bios

Joana Levi
Diretora e atriz. Integra desde sua fundação em 2004 a Casa Laboratório para as artes do Teatro (grupo dir. por Cacá Carvalho e Roberto Bacci) como atriz e diretora assistente, nos seguintes espetáculos: 2007/2008 – O homem provisório/ Turnê: Brasil (SP, RJ, PR, CE, BA, RS), Firenze-Itália, Berlin-Alemanha. 2005/2006 – A Sombra de Quixote/ Turnê: Brasil (SP, RJ e BH). Como diretora, fundadora da Companhia Arrabalde: 2006/2007/2008 – Dois perdidos numa noite suja de Plínio Marcos – Turnê: SP/sesc av. Paulista, RJ/ Espaço Sesc, BA/ Sesc Pelourinho, SP/ Tusp. 2003 Concepção e atuação solo Camille Claudel – SP/FITI Rio Preto e RJ. 1999-2002 – Atriz e assistente do diretor Massoud Saidpour no Brasil e EUA – projeto Cleveland Museum of Art, Sesc e UniRio. 1995-1999 Atriz do Studio Stanislavski dirigido por Celina Sodré. 1995 – Participa de sessão de trabalho no Workcenter of Jerzy Grotowski, Itália 1994-Estuda atuação com Silvia Pasello, Fondazione Pontedera Teatro, Itália.

 

Laila Garin
Atriz e diretora. Bacharel Interpretação Teatral UFBA/2001. Canto Lírico Escola de Música/ UFBA. Integrante da Casa Laboratório para as Artes do Teatro, dir.Cacá Carvalho e Roberto Bacci, onde atua e coordena os treinamentos vocais. Na cia. faz O HOMEM PROVISÓRIO, indicado ao Prêmio Shell 2008 em 5 categorias inclusive Melhor Preparação vocal Teatro e musicais PORTI-NARI, dir. Luis Carlos Vasconcelos/ SescSP, Festival de Curitiba MEDÉIA,dir. Hans Ulrich Becker,dir. musical Harald Weiss,TCA-BA, SP, RJ, DF, BH, Munique e Sttutgart/ Alemanha ROBERTO ZUCCO,dir. Nehle Franke,TCA-BA/ Festival de Curitiba/ SP/ RJ O TEMPO E OS CONWAYS, dir. Harildo Deda /indicação Prêmio Copene melhor atriz coadjuvante. LÁBARO ESTRELADO e A CASA DE EROS, dir. José Possi Neto. Cinema EU ME LEMBRO de Edgard Navarro/ Vencedor Festival de Brasília 2005 – Melhor filme, roteiro, direção, atriz, ator e atriz coadjuvante Show LAILA GARIN, dir. musical Mou Brasil, II Mercado Cultural Latino-americano, BA.

Leonardo Ventura
Ator
Bacharel em Interpretação pelo Departamento de Artes Cênicas do Instituto de Artes da UNICAMP (1999 – 2002). É ator integrante da Casa Laboratório para as Artes do Teatro desde 2005, grupo fundado no Brasil em 2004, parceria da FONDAZIONE PONTEDERA TEATRO da Itália, direção de Cacá Carvalho e Roberto Bacci. Dentro da Casa Laboratório, atuou nos trabalhos O Homem Provisório. Inspirado em Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa pelo poeta popular Geraldo Alencar. A Sombra de Quixote, inspirado na obra de Cervantes. Foi integrante do Núcleo Experimental de Artes Cênicas Sesi/SP 2003 – 2004 , sob coordenação de Isabel Setti. Estudou, entre outros, com Carlos Simione no LUME UNICAMP, com Tiche Vianna, no Barracão Teatro; com Maria Thais, a Biomecênica de Meyerhold; Interpreteção Teatral com Myrian Muniz. Trabalhou em espetáculos com importantes encenadores brasileiros. Entre eles: Cacá Carvalho, Georgette Fadel, João das Neves, Marcio Aurelio, Renato Cohen entre outros.

Marcelo Valente

Ator
Desde 2004 é integrante da Casa Laboratório para as Artes do Teatro, dirigida por Cacá Carvalho e Roberto Bacci, onde atuou em “O HOMEM PROVISÓRIO”. Direção: Cacá Carvalho. Inspirado em ‘Grande Sertão: Veredas’ de Guimarães Rosa. “A SOMBRA DE QUIXOTE”. Direção de Cacá Carvalho. Inspirado em ‘Dom Quixote’ de Cervantes. Na Cia. Arrabalde atuou e co-produziu “DOIS PERDIDOS NUMA NOITE SUJA”. Direção de Joana Levi e Laila Miranda Garin. Foi sócio fundador da Cia. Teatro Fúria em Cuiabá MT, onde trabalhou como ator, diretor, produtor, autor e cenotécnico: “APARTAMENTO 501”, 06 monólogos apresentados no interior de um apartamento. “Pintando Alice”; “Frederica, a verdade maior que o corpo”; “Encaixotando Shakespeare” e “O Gosto do Outro”. Dirigiu também “Nepal”. Participou de várias oficinas com mestres no Brasil, entre eles: Rubens Corrêa, Luis Carlos Vasconcelos, Renato Cohen e João das Neves.

Advertisements

%d bloggers like this: